Cinco dicas para escrever melhor

O maior desejo de quem escreve é ver seu trabalho reconhecido por um público fiel e numeroso. Até que esse momento chegue é preciso muita força de vontade, paciência, perseverança e, principalmente, aprender a escrever. Escrever corretamente!

O domínio da escrita e emprego correto das palavras do nosso idioma é para todos. Não é preciso ser um professor Pasquale, basta ter boa vontade para evitar as atrocidades que vemos por ai em alguns textos.

Sou humilde em reconhecer que não tenho muita afinidade com a gramática do nosso idioma e que, provavelmente, em algum dos meus textos eu cometo deslizes ortográficos. Sei também que, nem de longe, sou a melhor indicação para recomendar sobre “como escrever corretamente”. Portanto, quero apenas compartilhar cinco dicas que utilizo para produzir os meus textos com o mínimo de erros ou, preferencialmente, sem nenhum.

  1. Para escrever melhor é primordial usar a leitura. Quanto mais leitura, mais se conhece novas palavras e seus empregos adequados. Ler com frequência livros, revistas, jornais e cada vez menos Facebook (propositalmente sem link, para você não clicar) ajuda abrir a mente e aumentar o vocabulário.
  2. Se existe uma dúvida sobre a grafia de uma palavra ou seu significado, é importante recorrer ao dicionário. Ainda que não tenha um dicionário impresso em casa, será muito fácil utilizar algum on-line e também instalar um no seu computador. Uso estes: Priberam e Dicio.
  3. A utilização de um editor de texto profissional ajuda a minimizar ou mesmo impedir erros comuns. O Word, que não faz milagres, ajuda na correção de palavras digitadas incorretamente, além de fornecer um dicionário de sinônimos que auxilia na substituição delas.
  4. Às vezes encontramos textos que evidenciam erros de digitação e não de português. Simplesmente o autor não revisou o texto antes da publicação. Revisar é necessário, sempre. É na revisão que encontramos os erros e melhoramos o formato das ideias.
  5. Por falar em ideias, o uso correto da pontuação (vírgula e ponto final) é fundamental para transmitir os seus pensamentos sem enganos ou dúvidas. E para ajudar a não perder o rumo da ideia e facilitar a leitura, procure dividi-la em parágrafos.

Quem deseja ter um texto reconhecido por um público que valha a pena, precisa se esforçar para não cometer erros comuns. Qualquer texto perde o apreço quando está cheio de erros.

Que tal participar com outras sugestões sobre como melhorar a escrita? Utilize os comentários.