Autor: Gino Netto

Carioca nascido no ano de 1973, virginiano, graduado em Análise de Sistemas de Computador, área na qual trabalho desde 1999.

Não se afaste

Não se afaste Eu sei que falhei Sem querer ofender Eu sei que errei Falei sem pensar Não era para acontecer Deixe seu sorriso perto Deixe seu paraíso aberto Não me dê o castigo De um dia cinzento Foram palavras de momento Eu não estava atento. Se você não me ouvir Músicas não terão sentido […]

Hora da faxina

As vezes guardamos coisas em caixas, envelopes e sacolas achando que são importantes e que precisaremos delas algum dia. Nunca precisamos e sempre temos receio de jogar estes guardados fora. Ficamos apegados a elas, sabendo que não tem mais uso em nossa vida. Mas é preciso fazer uma faxina, fechar os olhos e se livrar […]

Seu Beijo

Seu beijo gelado, pelo sabor da menta, envolvente, fica quente com o mover da língua nos dentes. Revelando os segredos da sua língua, com batom vermelho me excita, no lóbulo me arrepia, assoprando no meu pescoço molhado, seu beijo é euforia. Mulher ou menina, me beija com gemido, seu beijo me desatina, me deixa perdido.

Trinta Segundos

No farol Passam carros Passam vidas Sinal vermelho Trinta segundos Param os carros Pessoas vão Atravessar Continuar Mais um dia Hoje bastaria Apenas chegar Frágil vida Doce sonho Corta o carro Em duro aço No farol Passa o carro Fica a vida Sinal vermelho Trinta segundos Não quis esperar

Sintonia

Uma pessoa que muda teu rumo, que muda teu prumo, que te faz sonhar de olhos abertos e sorrir por não acreditar que ela é real, é tudo de maravilhoso que sempre esperamos ter. O sentimento quando é forte, olha para as imperfeições com naturalidade. Sem querer mudar ninguém, a gente apenas espera que a […]

Não adianta sumir

Não adianta desejar sumir. Para onde quer que for, seus problemas irão com você. Eles estão na sua mente, não se resolverão sozinhos. Se não adianta sumir, faça o seguinte: Sente-se no chão e chore. Chore com força, chore com vontade. Chore e tenha pena de si. Não por muito tempo, chore por meia hora. […]

Repetição

Tomo fôlego, Tomo água, Tomo ar. Subo a ladeira, Subo a pedra, Subo a relva. Vejo terra, Vejo céu, Vejo mar. Caminho na areia, Caminho na beira, Caminho na eira. Ardem minhas narinas, Ardem meus olhos, Ardem meus pulmões. Tomo fôlego, Toma água, Tomo coragem. Subo o beco, Subo a ideia, Subo a morena. Vejo […]

Sementes de Girassol

Porque há um cansaço, que não sabes de onde vem, abatendo tua alma? Por que há um vazio dentro de ti, uma escuridão, um desânimo? Porque não há motivos, nem sentido para qualquer sorriso? A depressão te rouba a motivação, o vírus nascido em tua mente se espalha, não te deixas tomar qualquer decisão. Tique-taque […]